quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Amor de Perdição

A nossa Biblioteca junta-se à comemoração dos 150 anos da publicação da 1ª edição de Amor de Perdição , com a exposição de várias obras de Camilo Castelo Branco.
Para saber mais sobre as comemorações, que decorrem nos mais variados locais do país, é só seguir a ligação:
https://sites.google.com/site/150anosamordeperdicao/

Dia Nacional da Cultura Científica


A nossa Biblioteca celebra , a 24 de novembro, o Dia Nacional da Cultura Científica homenageando Rómulo de Carvalho, autor de Física Para o Povo, entre tantas outras obras de Divulgação Científica, Pedagogia e História da Ciência, não esquecendo que ele é também António Gedeão, o poeta que soube também fazer uma poesia pedagógica e científica.
Ora leiam!






     



44 Semanas, 44 poetas- semana 10

António Gedeão faz parte da memória poética de quase todos, e é sempre bom ouvir a Pedra Filosofal, para nos lembrarmos de que "o sonho comanda a vida".
Para sabermos mais sobre o poeta António Gedeão, alter-ego do pedagogo e divulgador científico Rómulo de Carvalho, basta seguir a ligação:
http://www.romulodecarvalho.net/Antonio-Gedeao.html

44 Semanas, 44 poetas- semana 9

    

Sobre Camilo Pessanha, poeta, professor de liceu, e juiz, que viveu grande parte da sua vida em Macau, podemos saber mais aqui:
http://cvc.instituto-camoes.pt/conhecer/exposicoes-virtuais/camilo-pessanha-uma-iconografia.html
Deixamos aqui um poema, publicado na sua obra Clepsidra, com uma sonoridade encantatória, um poema cujas palavras são pura música.