quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

44 Semanas, 44 Poetas - Semana 16


    

Sobre Fernanda de Castro, avó da escritora Rita Ferro, disse David Mourão-Ferreira:
“Ela foi a primeira, neste país de musas sorumbáticas e de poetas tristes, a demonstrar que o riso e a alegria também são formas de inspiração, que uma gargalhada pode estalar no tecido de um poema, que o Sol ao meio-dia, olhado de frente, não é um motivo menos nobre do que a Lua à meia-noite”.
Para saber mais sobre a vida e obra desta poeta que atravessou o século XX basta clicar aqui .